Facebook

Heranças que não se esquecem

Não há nada que marque tanto a gastronomia Alentejana como o pão. Com um sabor característico, mais ácido, faz as delicias de quem o prova. De côdea rija e com cabeça, foi em tempos a base da alimentação nesta região. Nos dias de hoje continua presente em quase todos os pratos típicos, quando não é parte do prato, acompanha a refeição.

Pastéis e doces conventuais, bolos folhados, bolos e broas de mel, queijadas de requeijão, azevias, tosquiados, filhoses, sericaia, bolos de gila, costas, popias de azeite ou banha, simples ou caiadas…São tantos os doces e bolos que enriquecem a nossa pastelaria que não os podemos enumerar todos, mas prometemos a quem os prova que não os vai esquecer.

PT | ES | EN